Endodontia

Após a desvitalização, reabilita-se o dente através de uma restauração simples ou da colocação de uma coroa. Consulte-nos!!

As cáries muito extensas podem afectar a polpa (o nervo) do dente. Os sintomas podem ser sensibilidade ao quente e ao frio, dor ao morder ou dor espontânea que pode ser forte.

Nestes casos, torna-se necessário efectuar uma desvitalização ou endodontia. Habitualmente, a desvitalização realiza-se apenas numa sessão.

O Médico Dentista avalia o dente com um pequeno RX fazendo, por vezes, testes de vitalidade para confirmar a necessidade de proceder à sua desvitalização.

Esta consiste na abertura de um acesso ao(s) canal(ais) do dente e à eliminação dos restos de nervo, bactérias ou qualquer outro material que se encontre nos canais. De seguida, os canais são alargados e preparados para o seu encerramento.

Este é o objectivo da desvitalização: desinfectar e encerrar os canais, com um material de borracha (ou termo-plástico) e um cimento específicos, impedindo a entrada de bactérias e estabilizando o dente.

Os canais são instrumentados (durante a abertura e limpeza dos canais e no seu alargamento) com pequenas limas digitais e por um avançado sistema de instrumentação mecânica de que dispomos. Após a desvitalização do dente, reabilita-se o dente através de uma restauração simples ou da colocação de uma coroa com espigão.